Apesar de alguns testes de vídeo promissores, o time criativo por trás de Deadpool estão chocados com o sucesso mundial do filme, assim como o resto da indústria.

“Havia certamente muita ansiedade, neuroses e Judaismo envolvido,” brincou o produtor Simon Kinberg.

Talvez por causa da longa espera por uma “luz verde” (para fazerem o filme), Simon Kimberg não viu o potencial do mesmo. Por outro lado, Tim Miller, o diretor do filme, sentiu que tinham algo especial quando Ryan vestiu o figurino pela primeira vez.

“Eu pensei: Caramba, isso realmente vai funcionar”, disse Miller.

Todos os envolvidos concordam que o sucesso do projeto refletiu a irreverência dos criadores. “A nota (do estúdio) que mais me apavorava, era: ‘Nós devemos fazer isso de forma linear’. A história sempre teve essa narrativa quebrada e para ser honesto, é uma estória bem simples. Para ser contada de forma linear, não seria um filme excitante”, disse Miller.

A equipe até fez um versão linear do filme, mas felizmente o estúdio decidiu divulgar a versão que todos nós vimos no cinema e que atingiu tão bem o público.

O resultado final: Após um desenvolvimento de 11 anos, Deadpool faturou $358,4 milhões (sim, dólares) nacionalmente e $756,8 milhões mundialmente, se tornou o filme mais rentável de todos os tempos na categoria R (“Rated R” significa “classificação restrita”. Isso inclui cenas de sexo, violência e drogas.), ultrapassando até A Paixão de Cristo (de Mel Gibson).

Deadpool 2 já está em negociações e Ryan já contou um de seus sonhos para o novo filme: “Eu realmente queria ver Deadpool e Han Solo no mesmo time”, disse ele. “Eu li o mapa astral dele (Harrison Ford) e parece bom para nós!!”

Fonte: Deadline

Postado por Amanda em 11.04.2016
Arquivado em: Deadpool,Filmes,Notícias
Designed by Meesvely · Hosted by Flaunt Network · Alguns direitos reservados Ryan Reynolds Brasil ·